contato Departamento de Conservação e Restauro corpo Técnico Crédito

          Estou: home > Elementos Artísticos > Capela Mor

  A Basilica
  Símbolos Basilicais
  Histórico - Arquivo
  Frades Capuchinhos
  Elementos Artísticos
  Conhecendo a Basílica
  Conservação e restauro
  Obras Novas
  Cartas Patrimoniais
  Artigos sobre restauro
  Links
 
  Página Principal
 







Capela Mor

      O Altar Mor, em estilo, gótico flamejante, encimado por cinco grandes torres que conduz visualmente a uma torres central, coroada por uma cruz gótica, folheada a ouro,  que toca levemente o céu azul estrelado que se abre numa profusão de seqüência de arcos no melhor estilo gótico.

      No centro visual convergente, encontra-se o nicho com  a imagem do Orago que sobressai sobre um fundo de pintura ilusionista representando um céu luminoso onde raios e reflexos de luz espargem por detrás  da imagem, lendo-se num Dístico as iniciais  S.A. (Santo Antonio).

         O Sacrário ,em madeira, embutido com trono expositor que apresenta a parte interna revestida em folhas de ouro com decoração pintada com motivos florais.

As paredes laterais decoradas com motivos geométricos e simétricos de autoria de Eurico Gentilli.

       A Abside  ostenta ainda nove óculos em vitrais com símbolos Eucarísticos, apresenta ainda,abaixo, uma serie de vitrais em forma ogival em toda a volta.

       O piso em mármore de carrara e travertino (estucado) existentes, substituiu o antigo em granilite onde ao centro abria-se um tapete em granito artificial com as inscrições “Ordum Fratum Minorum Capuccinorum”.

 

 Imagens

Nome dos (as) Santos Representados

Dimensões

Localização

1

Santo Antônio de Pádua

2.50 x 0.80 m

Centro

N.Sra. Aparecida (fac-símile)

0.35 x 0.13 m

Nicho inferior direito

1

Santa Clara de Assis

0.90 x 0.32 m

Nicho inferior esquerdo

2

Anjos tocheiros

0.60 x 0.25 m

Ao lado do tabernáculo

6

Anjos “Glória”

0.60 x 0.25 m

Ao lado das imagens

Santo Antônio de Pádua 

   Escultura em madeira com 2.50 m de altura representando o Padroeiro em modelo tradicional com lírio e menino Jesus sobre o livro do evangelho.

   A imagem se encaixa sobre uma peanha em forma de nuvens onde se agrupam anjos querubins com símbolos das Virtudes Teologais.

 A cruz representando a fé, a ancora a esperança, e o coração com a chama a caridade. (Fides, Spes, Cháritas)

 

 

     Como peça decorativa do altar, ladeando as imagens , encontramos 6 (seis) anjos “Glória” com inscrições.

      1-      Glória in excelsis Deo.

2-      Et in terra pax hominibus…

3-      Glória tibi Dominus

4-      Ave Maria Gratia  Plena

5-      Ut sicut Deo

6-      Ego ducan et... (ilegível)

 

            Confeccionados em gesso, foram posteriormente folheados a ouro, re-introduzindo os elementos do Gótico Marfim, ouro e madeira, para a sua concepção

Pintura mural

Pintura decorativa em tempera, confeccionada em moldes vazados autoria dos irmãos Gentilli revestem todas as paredes do altar Mor e teto (ábside).

Mural a tempera de autoria de Pedro Gentilli com alegorias representando a Esperança e a Caridade, inscritas em um sol, radiante, “Spes et Charitas” .

 A fé (Fides) representada pela apresentação a Santa Cruz, que Paiva suavemente sustentada pelos anjos de movimento harmônico e de leveza etérea.

Vê-se na base da pintura ao fundo a Basílica Santo Antônio e as casas no entorno.

 

Encimando o altar a representação do Cordeiro Místico sobre o livro dos 7 (sete) selos que sobressai num medalhão de luzes, coroado de estrelas cintilantes.

 O Pelicano, símbolo da eucaristia, figura utilizada a partir do século XIV e principalmente nos séculos XVIII e XIX, pra ilustrar o mistério

 

Nome dos (as) Santos Representados

Dimensões

Localização

1

Santa Clara de Assis

2.00 x 0.60 m

Lateral esq. (parede)

1

São Pascoal Baylon

2.00 x 0.60 m

Lateral dir. (parede)

      Santa Clara é representada com o livro do Evangelho, atributo de fundadora (Ordem das Clarissas) e Ostensório, alusão ao milagre de expulsão dos Sarracenos da cidade de Assis.

 São Pasqual Baylon, padroeiro da Devoção Eucarística.